Aguadeiros, Os

 
Os aguadeiros
 
Aguarela sobre cartão
22 x 15 cm
     Uma das rubricas do capítulo VI da obra já referenciada (Portugal de algum dia), intitulava-se Aguadeiros portuenses. É provável que este trabalho se destinasse à ilustração do item indicado, em virtude da composição perspectivar um contexto idêntico.
     A aguarela representa uma cena em que se focaliza o trabalho dos aguadeiros, junto de uma fonte. Os rostos das figuras, dispostas em planos diferenciados, tornam-se sugestivamente reveladores do diálogo que se trava entre elas e há uma vida implícita nos movimentos esboçados e nas expressões fisionómicas.
     O pintor criou um enquadramento espacial junto de uma fonte, assinalando os seus pormenores arquitectónicos e a estrutura da pedra de tonalidades escuras, provavelmente, granítica. Um expressivo cromatismo assinala as zonas de luz e de sombra destacando-se as tonalidades vibrantes das roupas.
Maria Lucília Abreu
in Roque Gameiro - O Homen e a Obra, ACD Editores, 2005
 
◄ Voltar para:     Os costumes antigos-Portugal de algum dia     Glossário