Início  >  Alfredo Roque Gameiro  >  Obras  >  História da Colonização Portuguesa do Brasil

 

A Ilustração:

História da Colonização Portuguesa do Brasil

(1921)

 

 

 

- o O o -

 

PRIMEIRA PARTE

O DESCOBRIMENTO

VOLUME  I

OS PRECURSORES DE CABRAL

 

 

 

 

CAPÍTULO  I

 

A Rua Nova dos Mercadores

Reconstituição, segundo o «Livro das horas», de D. Manuel

 

Os mercadores

 

Mulheres do povo

 

Homens do povo

 

Detalhe do pórtico axial dos Jerónimos: estátua orante de D. Manuel

 

 

Interior dos Jerónimos - A nave central

 

Tipos da nobreza portuguesa do tempo de D. Manuel

 

Pórtico axial dos Jerónimos

 

Torre de Santa Maria de Belém

 

Tomar - Convento de Cristo

 

A Igreja da Graça, de Évora

 

Retrato de D. Manuel

 

 

CAPÍTULO  II

 

Nau Portuguesa do fim do séc. XV

(Reconstituição sobre documentos coevos)

 

Caravela Portuguesa do séc. XV

(Reconstituição feita segundo documentos coevos)

 

 

CAPÍTULO  III


  


 

CAPÍTULO  IV

 

 
VOLUME  II
 
A EPOPEIA DOS LITORAIS

 

 

CAPÍTULO  V

 

A Alcáçova ou Castelo de S. Jorge, segundo o livro de Lavanha

 

Reconstituição da fachada do Convento do Carmo em Lisboa

 

Estaleiro da Ribeira das Naus

 

Brasão de Pedro Álvares Cabral

  

Árvore Genealógica de Pedro Álvares Cabral
 
Castelo de Belmonte
 
Fachada da Igreja da Graça em Santarém
Imagem de Nossa Senhora da Esperança
que acompanhou Pedro Álvares Cabral
na viagem de descobrimento do Brasil
 
Capela tumular da Aires da Silva, na Igreja de S. Marcos, próximo de Coimbra
 
Ermida do Restelo, vista exterior
 
Ermida do Restelo, vista interior
 
A frota de Cabral ao sair do Tejo
 

 

CAPÍTULO  VI

 

No chapiteu de uma nau - o capitão e mareantes em manobra

(reconstituição conjectural)

 

Homens d'armas numa nau portuguesa

(reconstituição conjectural)

 

Interior de uma nau portuguesa - a parte da ré
Composição de Roque Gameiro
 
Interior de uma nau portuguesa - a parte da vante
Composição de Roque Gameiro
 

 

CAPÍTULO  VII

 

A Torre de Caminha

 

Aspecto parcial da fachada do Paço da Ribeira, do Porto,

onde a tradição pretende ter nascido o Infante D. Henrique

 

A Igreja quinhentista de Caminha

 

 

 

Aspecto parcial da Sala dos Veados, no Palácio de Sintra (estado actual),

em cujo tecto artezoado e brazonado se vê o brasão do descobridor do Brasil.

 

 

CAPÍTULO  VIII

  


 

CAPÍTULO  IX

 

  


 

CAPÍTULO  X

  


 

CAPÍTULO  XI

 


 

CAPÍTULO  XII

 


 

CAPÍTULO  XIII

 

A partida do «Lusitânia», do Tejo, na manhã de 30 de Março de 1922

 

 

 

- o O o -

 

SEGUNDA  PARTE

A COLONIZAÇÃO

VOLUME  III

A IDADE MÉDIA BRASILEIRA

(1521-1580)

 
 
 

CAPÍTULO  I

 

O cláustro do Convento dos Jerónimos, concluído por D. João III

 

A torre de menagem e residência dos governadores da Praça de Arzila

 

Aspecto parcial da Praça Forte de Çafim

 

Um baluarte da Praça Forte de Mazagão

 


 

CAPÍTULO  II

 

 

CAPÍTULO  III

 

Martim Afonso de Sousa

(Reconstituição baseada no retrato da galeria dos governadores da Índia, em Goa)  

 

 

CAPÍTULO  IV

 

O Paço de Évora 

 


 

CAPÍTULO  V

 

 

 

CAPÍTULO  VI


 

CAPÍTULO  VII

  


 

CAPÍTULO  VIII

 

O Mosteiro de S. Pedro de Rates